Barbara Ferreira

Design de exposições

Exibir publicamente um conteúdo artístico, biográfico ou histórico com coesão e comunicabilidade requer um trabalho de integração eficaz entre o conteúdo a ser exibido, a forma com que esse conteúdo será apresentado e a materialização da idéia da exposição em um evento cultural.

Trabalho esta integração utilizando diversas plataformas do design – gráfico, expográfico, digital – a fim de expor e comunicar uma identidade única ao evento, que complemente, valorize e dialogue com a obra exposta. Um trabalho visual coeso que auxilia a compreensão da obra e proporciona uma experiência forte e memorável ao visitante.

expografia
EXPOGRAFIA
– Desenho de como as obras serão apresentadas na sala de exposição (ordem de leitura, posicionamentos, agrupamentos, espaçamentos entre obras), de acordo com a sequência ou diálogos propostos pela curadoria e com o conceito visual da mostra.
– Criação da ambientação do espaço expositivo: áreas de circulação, divisão de salas e sessões, elementos visuais (cores de parede, posicionamento de textos, legendas e painéis cenográficos).
– Projeto de mobiliários cenográficos (bases, vitrines, painéis…) e utilização de sistemas digitais e demais suportes que sejam necessários para apresentação do conteúdo da mostra.
– Elaboração de layout contendo o projeto expográfico completo que servirá como guia de montagem.
– Coordenação das etapas e profissionais que executarão o projeto expográfico.
– Acompanhamento de montagem na sala de exposição.
design-grafico
DESIGN GRÁFICO
– Criação do projeto de identidade visual da exposição em sintonia com o conceito da mostra e com a expografia.
– Edição, projeto gráfico e diagramação de catálogo, livro de arte e demais peças editoriais que integrarão o conteúdo da mostra.
– Design de peças de comunicação: banner de sinalização, convite eletrônico, flyers entre outros materiais necessários.
– Diagramação das legendas das obras e textos de parede – curatorial e créditos.